OS FATORES DA ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA.

Os fatores são: planejamento estratégico, organização estratégica, direção estratégica, controle estratégico e desenvolvimento estratégico.

O Planejamento Estratégico é a metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando o maior grau de interações com o ambiente.

O Planejamento Estratégico deve considerar toda a empresa e não apenas uma de suas partes.

Organização Estratégica é a otimizada alocação dos recursos da empresa para interagir, ativamente com as realidades e cenários ambientais. A organização Estratégica pode ser considerada como um dos tipos de estrutura organizacional nas empresas.

Estrutura organizacional é o conjunto de responsabilidades, autoridades, comunicações e decisões das unidades organizacionais de uma empresa.

A estrutura organizacional deve ser realizada, considerando as funções da administração como um instrumento para facilitar o alcance dos objetivos estabelecidos.

Direção estratégica é a supervisão dos recursos alocados com otimização do processo decisório, de forma interativa com os fatores ambientais e com o crescimento das relações interpessoais.

A direção estratégica é composta de oito elementos principais que são: supervisão, liderança, motivação, treinamento, comunicação, participação, comprometimento e decisão.

Supervisão é catalisação e a orientação dos recursos humanos, direta ou indiretamente subordinados, em direção às metas, desafios e objetivos estabelecidos pela empresa.

Liderança é o processo em que uma pessoa é capaz, por suas características individuais, de aprender as necessidades do grupo e de exprimí-las de forma válida e eficiente obtendo o engajamento e participação das pessoas no desenvolvimento e implementação dos trabalhos necessários ao alcance das metas, desafios e objetivos empresariais.

Motivação é o processo e a consolidação do estímulo e da influência no comportamento das pessoas, tendo em vista um objetivo específico.

Treinamento é o processo educacional aplicado de maneira sistemática e organizada sobre a qualificação dos funcionários e executivos de uma empresa, proporcionando aprendizado de conhecimentos, atitudes e habilidades em função de objetivos estabelecidos e negociados entre as partes.

Comunicação é o processo interativo e de entendimento, assimilação e operacionalização de uma mensagem entre o emissor e o receptor por um canal em determinado momento e visando a um objetivo específico. Participação é o estilo administrativo que consolida a democratização de propostas de decisão para os diversos níveis hierárquicos da empresa, com o conseqüente comprometimento pelos resultados.

Comprometimento é o processo interativo em que se consolida a responsabilidade isolada ou solidária pelos resultados esperados.

Decisão é a escolha entre vários caminhos alternativos que levam a um determinado resultado. A Direção estratégica funciona como um pêndulo para o sucesso ou insucesso da organização.

Segundo Peter e Certo (2005, p.132), “Controle estratégico é o acompanhamento e a avaliação, em tempo real dos resultados do planejamento estratégico”. É um tipo especial de controle organizacional que se concentra na monitoração e avaliação do processo de administração estratégica para garantir que funcione apropriadamente. Em essência, esse controle é empreendido para garantir que todos os resultados planejados durante o processo de administração estratégica tornem-se realidade.

Talvez a finalidade mais importante do controle estratégico seja a de ajudar a alta administração a atingir as metas organizacionais por meio de monitoração e avaliação do processo de administração estratégica. Esse processo resulta numa avaliação do ambiente organizacional, no estabelecimento da missão e das metas organizacionais, no desenvolvimento de formas de lidar com a concorrência para atingir essas metas e cumprir a missão da organização e num plano para traduzir a estratégia organizacional em ações. O controle estratégico fornece o feedback desse processo, que é fundamental para determinar se todas as etapas são apropriadas, compatíveis e estão funcionando de forma adequada.

É a mudança planejada com engajamento e adequação da cultura organizacional, resultante do processo de delineamento e implementação das questões estratégicas na empresa.

É nessa ferramenta que são feitas as mudanças no que tange às técnicas, aos métodos, à cultura organizacional, para que a organização se enquadre em suas questões estratégicas pré-definidas. É um tipo de ferramenta que envolve todos da organização e precisa ser implementada de maneira que consiga o comprometimento de todos os envolvidos.

Fonte:http://www.administradores.com.br/producao-academica/ferramentas-estrategicas-para-sobrevivencia-empresarial/1662/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: